28th November 2012

Post

"Sabe, no fundo eu sou um sentimental. Todos nós herdamos no sangue lusitano uma boa dosagem de lirismo ( além da sífilis, é claro). Mesmo quando as minhas mãos estão ocupadas em torturar, esganar, trucidar, o meu coração fecha os olhos e sinceramente chora…"

4th November 2012

Post

”Se tu me fizeste feliz? Muito! Mas foi preciso esquecer tudo. Por tudo entende-se esquecer os bons momentos, os sorrisos, olhares, foi preciso esquecer as sextas à noite, os abraços no portão, tive que esquecer um sentimento ainda latente. Eu poderia esperar um outro amor para ‘limpar a casa’, mas preferi eu mesma fazer isso. Varri tudo, tirei toda poeira. Quando o outro amor chegou a casa estava em perfeita ordem, refeita do furacão que foi você .”

11th October 2012

Post

Hoje meu dia foi razoavelmente bom.Acordei na casa do felipe vim pra minha casa me arrumei e fui em uma entrevista de emprego e chegando lá a mulher disse que não tinha visto que eu tinha menos de 18 anos no meu currículo e que então eu não poderia trabalhar o que me desanimou. Na volta pra casa antes de eu entrar na lotação começou a chover cheguei em casa assisti alice no país das maravilhas com o meu priminho no meio do alice nós dormimos e o batman assistimos quando acordamos ai minha mãe e meu irmão chegaram meu priminho jantou comigo e foi pra casa dele e eu comecei a assistir ”across the universe” e no meio do filme meu irmão pediu pra usar o computador ai parei o filme e fui assistir ”millennium os homens que não amavam as mulheres” terminei, fiquei olhando fotos antigas e me deu saudade de de como as coisas eram de 2009 até metade de 2011.Já são 00:05 dia 12 de outubro vou terminar de assistir o filme dormir na esperança de conseguir ver meu pai e brincar que ele não me deu presente de dia das crianças ainda com a esperança de que ele me dê mas ele não vai dar, vou chegar em casa tomar banho e convidar o felipe pra ir no cinema ele vai dizer que não e eu vou ficar triste com isso e talvez eu vá no cinema sozinha ou não. Quando der umas 19:15 alguém vai vir me chamar no portão, provavelmente o japa e a juliana lira e os receberei muito bem e animada porque vou me sentir menos sozinha vou me forçar a dar risada….

13th September 2012

Post

Agradecemos a generosidade do poder, enquanto  trabalhamos o suficiente para nos escravizar  e para outros falta o minimo para se alimentar e o tempo que gastamos para ganhar não tem como ser pago e muito menos recuperado.

13th September 2012

Post

”É preciso força pra sonhar e perceber que a estrada vai além do que se vê

Sei que a tua solidão lhe sói e que é difícil ser feliz mais do que somos todos nós…”

30th June 2012

Photo reblogged from blank. with 3,246 notes

Source: humano-fobico

30th June 2012

Photo reblogged from blank. with 62,439 notes

Source: h-e-r-o-i-n

3rd June 2012

Post

Sem inclinação nenhuma para nada, nem um pouco flexível e cansada de todos os assuntos desinteressantes que fazem parte a minha rotina. Vontade de ficar sozinha em casa fazendo coisas só para mim e virar uma pessoa totalmente auto suficiente coisa que eu não tenho sido há muito tempo o que me faz sentir fraqueza, é muito ruim quando a sua maior fraqueza se torna o medo de perder uma pessoa, não que isso seja fundamental para a minha sobrevivência ou para a vida de qualquer outra pessoa, na verdade ultimamente a futilidade tem sido a minha maior companheira a incapacidade de enxergar coisas que estão além do meu dia a dia, a ignorância para qualquer tipo de banalidade é como se eu só enxergasse o que acontece comigo mesma e ignorasse o fato de que eu ainda sou totalmente dependente de outras pessoas como meus pais por exemplo, mas acontece é que um dia talvez eu os perca e aí então eu serei só mais uma desesperada procurando um emprego atrás de uma mesa como uma escrava e então quando eu o conseguir estarei totalmente satisfeita com esse pouco que é me tornar uma escrava dos padrões de rotina angustiantes com os quais a maioria se acostuma e considera correto, coisa que nunca foi um sonho pra mim. E hoje me analisando por dentro pude concluir que não faço nada de diferente ou de produtivo e nunca fiz até agora. Infelizmente vontades não fazem com que coisas se concretizem e são necessárias atitudes para que eu talvez me torne algum dia um pouco realizada com o meu modo de viver e talvez um dia também eu me acostume com a ideia de que ter uma rotina de responsabilidades e não só de vontades e prazeres seja o suficiente para me sentir feliz e realizada. E talvez um dia que consiga conciliar responsabilidade com felicidade, enquanto isso eu começo a tentar.

1st June 2012

Photoset reblogged from blank. with 78,318 notes

Source: keep-4ever

31st May 2012

Post

Eu vivo dizendo que o mundo precisa de pessoas que estudem, trabalhem e acrescentem em alguma coisa, mas eu não me esforço em nada do que faço pra transcender e ser alguém.

 Vivo dizendo que a alegria e a calma fazem bem pra vida mas por dentro eu vivo triste e irritada com as situações que eu vejo, fora a parte de que além de tomar conhecimento e ficar brava com tudo que está sendo feito de errado eu não faço nada pra melhorar eu ainda por cima tenho minhas chances de ser o alguém que pode fazer a diferença mas se nem a mim mesma eu consigo mudar quem sou eu pra criticar as atitudes do próximo seja ele quem for? Me falta muita coragem e força de vontade, apoio eu não preciso mais pois a vida só me oferece coisas boas, uma mãe ótima, um pai meio individualista mas que me ama, um irmão com o qual eu me dou bem, um namorado excelente que a minha família adora.. mas eu insisto mesmo  nessa história de me afundar, me acabar em tudo que ofereça uma sensação de liberdade momentaneamente. Tudo isso é vontade de ser livre, drama ou realmente tem alguma coisa de errado acontecendo há tanto tempo que eu já nem sei dizer que coisa é essa?